11 4063-6683 @ contato@rdaconsultoriahumana.com.br VAGAS EM ABERTO

Dicas: entrevista de emprego por competências

Dicas para uma entrevista de emprego por competências

 

É muito comum o recrutador utilizar uma técnica de entrevista de emprego baseada em competências. Esta técnica é pautada em perguntas sobre as experiências passadas, tomando como base que os comportamentos adotados  tendem a se repetir no futuro.

Exemplos de pergunta por competência:


  • Para analisar a flexibilidade do candidato (a): Fale-me sobre uma situação em que você coordenou um projeto de mudanças que não era bem aceito pela equipe.
  • Liderança: Como você reagiu a sugestões para melhorar seu estilo de liderança? Se nunca recebeu sugestões como acha que reagiria?
  • Tomada de decisão: Qual o maior risco que você correu numa decisão que teve que tomar sozinho?

Eita, mas e se fizerem alguma destas perguntas para você em uma entrevista por competências, como você iria responder?

Calma! As dicas a seguir irão ajudar:


  • Avalie a descrição da vaga e perfil comportamental solicitado antes da entrevista e pense  em situações passadas onde teve a oportunidade de vivenciar as competências solicitadas. Caso a relação das atividades não tenha sido informada previamente, vale a pena solicitar ao selecionador, afinal, você também está avaliando o projeto e empresa onde irá trabalhar, não é mesmo?
  • Quanto mais resultados mensuráveis, melhor. Lembre-se dos principais indicadores que você media, ou ainda das metas de avaliação de desempenho. Gosto sempre de trabalhar com percentuais e não números absolutos, tanto para respeitar a confidencialidade dos dados das empresas, quanto para dar uma dimensão de grandeza em quem houve.

Vou colocar aqui exemplos de perguntas e respostas apenas para fazer uma demonstração didática. Please, não tome as respostas como certas, elas servem apenas para dar um norte, o seu histórico profissional, bom senso e análise da cultura organizacional da empresa em que está participando do processo seletivo  é que determinarão o que falar.

Pergunta: Fale-me sobre uma situação em que você coordenou um projeto de mudanças que não era bem aceito pela equipe.

Resposta:  Aumentamos em 15% as vendas (2017 versus 2016) por conta da utilização do sistema CRM e consequente melhora no atendimento ao cliente. Este resultado foi alcançado mesmo depois de muita resistência da equipe que tinha o modelo mental de apenas vender e não gerenciar as vendas. Um novo mindset foi instituído por conta treinamentos e reuniões de alinhamento constantes.

Pergunta: Como você reagiu a sugestões para melhorar seu estilo de liderança? Se nunca recebeu sugestões como acha que reagiria?

Resposta: Fiquei surpresa quando a última avaliação de 360º pontuou que eu não tinha habilidade de escuta. Comecei a prestar a atenção no meu comportamento e notei que realmente, por conta da vontade de resolver as coisas rapidamente, muitas vezes eu deixava de ouvir a opinião da equipe. Comecei a exercitar o novo hábito e na avaliação do ano seguinte tive 80% de melhora neste item.

Pergunta: Qual o maior risco que você correu numa decisão que teve que tomar sozinho?

Resposta:  Tivemos um aumento significativo de ocorrências no Reclame Aqui quando houve a greve dos caminhões em 2018. A minha gestora, que era responsável por tratar estes casos, estava de férias e tomei a frente para analisar e responder todos os relatos. Quando ela retornou não apenas elogiou a forma como os clientes foram tratados, como disse que ficou melhor do que o esperado.


É isso! Entrevista de emprego é como um bom campeonato esportivo, exige treino. Pesquise  pelo menos umas três vagas (pode ser no próprio Google, ou utilizar sites específicos como o Love Mondays) e verifique quais são as competências em comum. Treine as respostas e sinta-se mais preparado (a) quando a sua oportunidade surgir.

Seja feliz.

Com amor,


Sobre a autora:

Fabíola Oliveira atua na área de Recursos Humanos desde 2001.

Pesquisa com entusiasmo a relação das pessoas com o trabalho; busca entender como gente apaixonada pelo que faz pode transformar o mundo.

➣ Missão de vida: desfrutar da prosperidade financeira, física, mental, espiritual e emocional, sendo feliz todos os dias.

➣ Missão profissional: apoiar empresas e pessoas em assuntos relacionados a RH, para que esta felicidade se multiplique.

Também é Coach - Master Practitioner em Programação Neurolinguística, Atriz e Administradora de Empresas.

Empreendedora desde 2012, é fundadora da RDA Consultoria Humana, além de participar ativamente de diversos grupos de networking na regiāo do ABC.

Para saber mais: https://www.linkedin.com/in/fabiolaoliveira